Seguidores

domingo, 24 de junho de 2012

DOR....É SIMPLESMENTE HORRIVELL A CADA FRATURA ..EU AOS 7 ANOS DE IDADE....

Dor
Como lidar com a dor

Para as pessoas com Osteogenesis Imperfecta (OI), a dor associada às várias fraturas pode levar a um desnecessário sofrimento e, quando não tratadas, podem resultar numa condição crônica, ou seja, podem durar muito mais tempo e incomodar frequentemente. Como as dores podem impedir a capacidade de se levar uma vida produtiva, a dor crônica é um dos mais sérios problemas de saúde como também econômicos e financeiros.

A dor é um dos modos pelos quais o corpo responde a um problema num dos seus tecidos. Quando um osso quebra ou fratura, os nervos enviam mensagens através da medula espinhal (na coluna) ao cérebro, onde elas são interpretadas. O modo pelo qual uma pessoa reage à dor é determinado por muitos fatores, incluindo seu estado emocional. Por exemplo: a depressão parece aguçar a percepção da dor nas pessoas e diminuir sua capacidade de enfrentá-la.

Dores agudas são geralmente caracterizadas por uma curta duração.

A dor crônica é a dor que, além de durar um tempo maior que o esperado, interfere na vida normal da pessoa. Os problemas que lhe deram origem foram sanados, mas a dor continua. A dor crônica pode, freqüentemente, diminuir a qualidade de vida de uma pessoa, tanto psicologicamente quanto social e fisicamente. É esta também a causa mais freqüente de sofrimento e deficiências no mundo atual.

No caso da Osteogenesis Imperfecta, as dores agudas e crônicas podem estar associadas às várias fraturas, achatamento das vértebras da coluna e pescoço, deformação das juntas, osteoartrites (problemas nas articulações), contraturas, deformidade ou mau alinhamento dos membros e recorrentes dores abdominais (na barriga).

O controle da dor em portadores de Osteogenesis Imperfecta, tanto adultos como crianças, requer avaliação adequada e a implementação de um critério que leve em conta as várias formas de dor aguda e crônica. Com o aumento da longevidade de indivíduos com OI, a incidência de síndromes dolorosas relacionadas às mudanças conseqüentes da velhice aparecem mais fortemente. Nestes casos uma abordagem interdisciplinar na administração da dor é a atitude mais recomendada.

As informações seguintes dão um panorama das diferentes opções no tratamento da dor em Osteogenesis Imperfecta. As pessoas que precisam de ajuda no tratamento de dores crônicas associadas com Osteogenesis Imperfecta devem discutir as opções listadas a seguir com um médico. 
Estratégias para Enfrentar a Dor
Calor e Frio 
Calor na forma de banhos ou bolsas de água quente podem aliviar dores crônicas ou músculos rijos.
Bolsas de gelo, ou frias, dão alívio para varias sensações dolorosas de nervos afetados. 
Frio também pode prevenir inchaços e inflamações. 
Calor ou frio podem ser aplicados por 15 a 20 minutos de cadavez na área dolorida, e uma toalha pode ser colocada entre a pele e a fonte de frio ou calor para proteger a pele.

**Toalhas quentes ou bolsas de água quente no microondas providenciam uma rápida fonte de calor..

**Latas de cerveja ou de sucos, geladas, ou saquinhos de vegetais congelados no freezer também são bolsas de gelo instantâneas .

**Uma toalha úmida que foi completamente torcida e levada ao freezer ou geladeira pode dar alívio contra a dor. 
Exercícios e Fisioterapia
Exercícios ou fisioterapia, sob supervisão de um profissional que conheça a natureza da Osteogênesis Imperfecta podem ser efetivos no fortalecimento muscular, aumentando as estaminas e ajudando a pessoa a ter um visão mais positiva da vida. Devido ao fato de que os exercícios físicos aumentam o nível de endorfinas (analgésicos naturais produzidos pelo cérebro) no corpo, as dores podem diminuir.

Para crianças com Osteogênesis Imperfecta é benéfico começar fisioterapia tão cedo quanto possível. Fisioterapeutas podem ensinar posicionamentos apropriados, postura e exercícios que fortaleçam os músculos sem afetar os ossos. Os exercícios podem ser tão simples como mover uma junta através de seu percurso de movimento. Dobrar e desdobrar as pernas e os braços, por exemplo. Hidroterapia é uma das melhores técnicas de exercícios para suavemente aumentar a tonicidade muscular e reduzir a dor. 
Acupuntura e Acupressura

Acupuntura envolve o uso de agulhas especiais que são inseridas no corpo em pontos específicos. Acredita-se que estas agulhas estimulam as terminações nervosas e incentivam o cérebro a produzir endorfinas. 
Pode demorar algumas sessões de acupuntura antes que a dor seja aliviada.

Acupressura é a pressão direta sobre áreas onde a dor dispara. Esta técnica pode ser auto-administrada depois de ser treinada com um instrutor habilitado. 
Massagens

A terapia por massagem pode ser um leve, lento e circular movimento com as pontas dos dedos ou um profundo "amassar" que se se move do corpo em direção aos dedos. As massagens podem aliviar dores, relaxar músculos tensos e suavizar "nós" musculares, aumentando a circulação sangüínea na área afetada e aquecendo-a. A pessoa que faz a massagem deve usar óleos ou talco, e assim suas mãos deslizam suavemente sobre a pele. As massagem também podem incluir pressões suaves sobre áreas afetadas ou mais fortes um pouco sobre pontos de disparo da dor, nos nós musculares.

(Cuidados EXTREMOS devem ser tomados quando se trabalha com massagens em pessoas com Osteogênesis Imperfecta, EVITANDO-SE colocar muita pressão ou apoio nos ossos, que podem se fraturar com isto. - 
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...