Seguidores

sábado, 13 de outubro de 2012

13 DE OUTUBRO DIA DO FISIOTERAPEUTA!!! PARABÉNS A ESTES PROFISSIONAIS QUE TANTO NOS AUXILIAM NO TRATAMENTO DE OSTEOGÊNESES IMPERFEITA!!!



Símbolo da profissão e sala de reabilitação motora
Em 13 de outubro é comemorado o dia do fisioterapeuta, um dos profissionais que mais tem se destacado no mercado, trabalhando com atletas e esportistas.
A escolha da data foi em decorrência da aprovação do Decreto Lei nº 908/69, publicado na mesma data, regulamentando a profissão. Além desse, em 1975 foi aprovada a Lei nº 6316, em caráter federal, outorgando direitos e deveres a esses profissionais e suas responsabilidades.
A fisioterapia atua como forma de reabilitação do corpo humano e prevenção de doenças ósseas e musculares, através de técnicas próprias como massagens, radiações, exercícios, dentre outras.
Quem não se lembra do Ronaldo, o fenômeno, em pleno campeonato italiano em 2000, se contorcendo dentro de campo em virtude de uma lesão no joelho? Em decorrência da lesão, o jogador ficou afastado por dezessete meses, fazendo tratamento de fisioterapia após ter passado por procedimento cirúrgico.
Essa história comprova o quanto um tratamento de fisioterapia é eficiente, pois ninguém acreditava que a performance do atleta pudesse ser recuperada. Após a reabilitação, ele retornou às suas atividades, sendo o maior destaque na Copa do Mundo de 2002, onde o Brasil consagrou-se como pentacampeão.
No desenvolvimento do trabalho, o profissional fisioterapeuta organiza um quadro de atividades para seu paciente, de acordo com suas necessidades, visando recuperar a estrutura mecânica que tinha antes da lesão.
Para se tornar um profissional da fisioterapia é preciso adquirir formação específica na área, através de concurso de vestibular. A duração do curso é de cinco anos, exigindo uma etapa de estágios em hospitais a fim de dar as primeiras experiências práticas na profissão.
A fisioterapia é uma área de muitas possibilidades de atuação, podendo o profissional manter consultório particular, atender em clínicas, centros de reabilitação, academias, escolas, clubes, hospitais, etc., além de ter espaço de atuação como pesquisador.
Nos processos de reabilitação, esses profissionais atuam com crianças, jovens, adultos e idosos com deficiências físicas, visando o desenvolvimento dos músculos ou mesmo evitando problemas de atrofias. É comum que esse tipo de problema apareça, pois pessoas com limitações motoras não se movimentam corretamente, necessitando de orientações e exercícios que garantam o melhor funcionamento do corpo.
Além dessas, o profissional pode atuar com tratamentos neurofuncionais, com pessoas que sofreram AVC (acidente vascular cerebral); traumato-ortopédico (traumatismos de ossos e músculos); respiratória (dinâmica respiratória); RPG (reeducação postural global) e várias outras.
Por Jussara de Barros
Graduada em Pedagogia
Equipe Brasil Escola
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...