Seguidores

terça-feira, 7 de outubro de 2014

Tratamento da doença dos ossos de vidro.....

Tratamento da doença dos ossos de vidro

A osteogenesis imperfecta é rara (estima-se que ela atinja um bebê a cada 20 mil nascimentos), mas não tem cura. O tratamento busca melhorar a qualidade de vida do portador da síndrome e baseia-se na utilização de medicamentos que contribuem para a reabsorção óssea. Alimentação saudável, exercícios físicos e sessões de fisioterapia também são fundamentais.


Sinais e sintomas
  • Esclerótica ocular azulada;
  • Rosto em formato triangular;
  • Dentes acinzentados e frágeis (dentinogênese imperfeita);
  • Diminuição da acuidade auditiva;
  • Baixa estatura;
  • Facilidade de ocorrer fraturas;
  • Encurvamento dos ossos mesmo sem fraturas;
  • Aumento da flexibilidade;
  • Sudorese aumentada;
  • Hipotonia muscular.
É importante salientar que existe uma grande variedade de sinais e sintomas, sendo que nem todos os pacientes possuem todas as características, pois a doença tem graus de gravidade diferentes. Em casos leves, pode ocorrer uma grande melhora dos sintomas durante a puberdade, porém, ocorre agravamento na menopausa.
A doença pode ser classificada como:
Tipo I: Inclui pessoas aparentemente normais com poucas fraturas e deformação nos ossos longos. Tipo II: Inclui pessoas que não resistem à doença e falecem logo após o nascimento. É o tipo mais grave da doença.
Raio X de pernas de criança  com doença dos ossos de vidroTipo III: Inclui pessoas com um grau variando de moderado a grave, caracterizado pelo formato do rosto, baixa estatura e deformidade nos ossos longos.
Tipo IV: Inclui pessoas que apresentam gravidade e características heterogêneas da doença.
 Diagnóstico e tratamento
Essa doença pode ser diagnosticada, ainda na gravidez, por meio do exame de ecografia. Assim que detectada, os pais devem fazer uma orientação genética para saber sobre a possibilidade de recorrência da doença, numa nova gestação.
As fraturas são tratadas de maneira habitual, como em pessoas não portadoras da doença. Ou seja, faz-se a redução do osso e imobilização para regeneração celular. Porém, quando ocorre fratura de crânio pode ocorrer lesão cerebral e morte. Nos portadores de osteogênese imperfeita, ocorre regeneração mais rápida do osso e encurtamento destes, além de angulações dos membros, resultando em crescimento anormal e atrofiado.
O tratamento é feito através de vários produtos onde os bisfosfonatos e a calcitonina se destacam, por inibirem a reabsorção óssea, mas os melhores efeitos são obtidos através da fisioterapia e da alimentação. Deve-se fazer exercícios independente do local e da hora, além de comer alimentos naturais e saudáveis evitando álcool, alimentos gordurosos, cafeína e refrigerantes. Porém não há cura para essa doença.
Fonte: http://www.brasilescola.com/http://www.mundodastribos.com/
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...