Seguidores

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Deficientes fazem protesto na porta da Prefeitura de São Paulo

Manifestante exibe cartaz durante protesto pelos direitos de pessoas com deficiência em frente à Prefeitura de São Paulo
Cerca de 200 pessoas, segundo a Polícia Militar, participam de um protesto nesta quarta-feira (7/8) na porta da Prefeitura de São Paulo, no viaduto do Chá (região central da cidade), para exigir os direitos das pessoas com deficiências.
Além deles, familiares e amigos também participam da manifestação. Uma comissão vai se reunir ainda na tarde de hoje com a secretária municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, Marianne Pinotti.
De acordo com a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), o ato não prejudica o trânsito na região. Os organizadores esperam reunir cerca de mil pessoas e planejam fazer uma passeata na região.
Com um carro de som, os manifestantes reclamam da falta de acessibilidade na cidade. Antes, eles chegaram a gritar palavras de ordem contra o poder público.
“Queremos estabelecer um diálogo com a prefeitura, hoje é só o começo da luta”, disse Carlos Ferrari, presidente da Avape (Associação para Valorização de Pessoas com Deficiência).
Manifestação pelos direitos de pessoas com deficiência acontece em frente à Prefeitura de São Paulo; grupo também exige melhor acessibilidadeManifestação pelos direitos de pessoas com deficiência acontece em frente à Prefeitura de São Paulo; grupo também exige melhor acessibilidade
Manifestação pelos direitos de pessoas com deficiência acontece em frente à Prefeitura de São Paulo; grupo também exige melhor acessibilidadeManifestação pelos direitos de pessoas com deficiência acontece em frente à Prefeitura de São Paulo; grupo também exige melhor acessibilidade
Manifestação pelos direitos de pessoas com deficiência acontece em frente à Prefeitura de São Paulo; grupo também exige melhor acessibilidade Manifestação pelos direitos de pessoas com deficiência acontece em frente à Prefeitura de São Paulo; grupo também exige melhor acessibilidade
Fonte: Folha de S. Paulo

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...